Quinta da Boavista Vinha do Oratório

concentrado e complexoQuinta da Boavista Vinha do Oratório

Terroir

Localizada perto do Pinhão, na margem direita do Douro, a Quinta da Boavista é dona de uma vista espetacular sobre o rio. Trata-se de uma das propriedades mais icónicas da região demarcada conhecida, não só pela sua ligação histórica ao Barão de Forrester, mas também pelos seus 36 hectares de vinhas de alta qualidade.

O Quinta da Boavista Vinha do Oratório é um vinho cujas uvas provêm de uma só parcela, que recebeu o nome de Oratório devido aos seus impressionantes terraços ondulados com quase 8 metros de altura.

Castas

Ex-libris da Quinta da Boavista e do Douro, a Vinha do Oratório é formada por altos e curvados terraços em forma de oratório que chegam a atingir 8 metros de altura. A vinha, virada a Nascente tem uma altitude que varia entre os 80 e os 175 metros e possui uma mescla de mais de 25 castas durienses. Com uma idade média superior a 80 anos, estas vinhas permitem-nos produzir um vinho de marcante concentração e complexidade.

Vinificação

Na Quinta da Boavista, para garantir a preservação das características da casta e o controlo total do processo produtivo, recorremos à vindima manual e à escolha manual de cachos, seguidos de um desengace e suave esmagamento dos bagos.

Como reservatórios de fermentação usaram-se os tradicionais lagares de granito com pisa a pé, posteriormente o vinho estagiou em barricas de carvalho francês durante, pelo menos, 18 meses. Todos os vinhos são vedados com cortiça natural. Não sendo filtrados nem estabilizados pelo frio, podem dar origem a um precipitado com a idade.

“Às vezes entra-se em casa com o Outono…” começa Eugénio de Andrade num poema assim denominado, e, às vezes, encontram-se todas as estações do ano num vinho. Esta seria a primeira estrofe se um poema tivéssemos que fazer ao Vinha do Oratório 2017. De aroma cheio, em que nos perdemos nas copiosas notas de fruta vermelha, envoltas subtilmente em laivos florais, debruadas a fino toque de especiarias, este vinho vai-se apoderando de todos os sentidos, conquistando-os pela sua cremosidade, textura  generosa e frescura final. Um vinho intemporal.

Ideal para acompanhar pratos de carnes vermelhas, de caça ou queijo.